• Conquistah Consultoria Psicológica

Redescobrir-se na pandemia e poder ser feliz….



Redescobrir-se, sinônimo de encontrar, reencontrar, solucionar, tirar outra vez aquilo que cobre etc. Talvez um dos maiores desafios dessa Pandemia, na qual a chave é reinventar-se para a vida.


Uma nova fase chegando, o vírus ainda atuante e devastador. As pessoas, desavisadamente, acreditando que já podem voltar a “normalidade”, se expõem, muitas vezes sem necessidade, corroborando para um quadro sem grandes perspectivas de futuro próximo.


Como devemos agir? Pensemos na nossa trajetória, desde o nascimento, até agora. Reflitamos sobre os momentos mais relevantes da estrada que assumimos.


Com certeza, muitas realizações virão à mente, como um leque que se abre “abanando e abrandando” o calor. Um citará seu casamento, outro o nascimento de um filho, a conclusão de um curso universitário, um bom emprego, a compra da casa própria e aí por diante.


Porém, além dessas grandes conquistas, com certeza haverá muitas outras, não menos importantes. Nenhuma delas aconteceria, se não tivesse havido algum planejamento, projeto, empenho, estudo etc.


Algumas dessas citações passam por sonhos, idealizações e, cada qual dentro de sua realidade, dará maior ou menor relevância àquilo que a vida lhe proporcionou. Mas, para a maior parte das pessoas, houve um movimento, uma ação voltada a um propósito, objetivada por situações boas e outras mais delicadas. Como tudo na vida, com muitos aprendizados.


Construímos nossa história, da infância à velhice, com muitas buscas - todas com o fito de progredirmos de algum modo, mas, sobretudo, indo ao encontro daquilo que nos dá prazer e felicidade.


E, neste momento de reflexão, pergunto: o que é felicidade para você?


Para um amante, pode ser encontrar a pessoa amada; para o pai, ver pela primeira vez o filho que acabou de nascer; para outro é, simplesmente, andar pelo parque com seu cão.

Moldados em nossos sentimentos, pensamentos e atitudes, podemos ser mais ou menos felizes, dependendo do momento e capacidade que temos em promover mudanças. A resposta está, sempre, dentro de si.


Perguntando a algumas pessoas, como se mantém felizes apesar da Pandemia que nos assola, as respostas são até bem simples e envolvem cantar, escrever, traçar um objetivo a curto prazo, fazer artesanato para vender ou presentear um amigo, fazer um painel de fotos, limpar melhor a casa, brincar com seus pets. Alguns, simplesmente, respondem: “durmo mais, já que não tenho que me locomover como antes, por estar home office”. Para quem é investidor, “estou empreendendo novos negócios e aguardando, mas tenho estado mais com minha família - coisa que não fazia a tempos”.


As respostas são singelas, nada mágico, mas todas têm um significado pessoal importante. Felicidade não é medida por fazer “coisas grandes”, atingir topos inacessíveis. Pode ser, simplesmente, “dormir mais” ou “estar mais com a família”. A resposta está dentro de si.



Feliz é o ser humano que ultrapassa seus limites, acreditando naquilo que realmente vale a pena, que não se atém ao que a mídia tenta vender, que consegue se sobrepor, com atitudes mais sábias e menos egoísticas. Sucintamente, Aristóteles nos dizia que a felicidade é a finalidade das ações humanas, pautada no bem, no esforço e na ética.


E assim, em meio pandêmico, redescobrindo-se, reinventando-se, usando sua criatividade e seu potencial maior de mudança, ouça sua voz interna e seu coração e diga a você mesmo: POSSO SER FELIZ!


Trace suas metas nessa passagem de ano sem esquecer daquilo que já conseguiu realizar, pergunte a si mesmo quais foram seus reais ganhos e agradeça muito por eles. Assim como o leque, citado acima, a gratidão abre caminhos, dá um refrigério a vida, deixando-a mais leve.


Fecho esta reflexão perguntando ao leitor o quão é ou está feliz, nesse reinventar-se. Seja sincero consigo mesmo. A proposta é conseguir sê-lo, mesmo sob intempéries. Elas um dia acabam, mas você continua!


A decisão é nossa! Só nossa!



Eliana Aparecida Conquista

Crp/SP 06/42479

Eliana Aparecida Conquistah Consultoria em Psicologia

CNPJ: 36.586.648/0001-39

Crp/SP 06/8377J

15 visualizações

Posts recentes

Ver tudo